Governo de Cuba envia médicos para ilhas do Caribe atingidas pelo furacão Irma

Cuba enviou médicos para várias ilhas caribenhas devastadas pelo furacão Irma.

Mais de 750 profissionais de saúde chegaram em Antígua, Barbuda, São Cristóvão, Nevis, Santa Lúcia, Bahamas, República Dominicana e Haiti.


Eles devem seguir as orientações do Ministério da Saúde Pública e contribuir para a recuperação das regiões atingidas.

A nação de 11 milhões de pessoas tem uma história de envio de pessoal médico quando outras nações estão em necessidade, tendo agido assim durante a crise do Ebola na África Ocidental em 2014 e 2015.

Uma brigada de mais de 600 cubanos foi para a Serra Leoa em 2014 para ajudar a enfrentar a tragédia.

Eles também enviaram 1 200 homens e mulheres para o Haiti depois que o país foi atingido com um terremoto em 2010. (Do The Independent/Yahoo Internacional – tradução DCM)