Brasil à beira do precipício. Apenas o povo pode virar esse jogo

Somente sobre alguns jogadores no momento.

Temer é jogador, está jogando em manter o mandato de Aécio, e com essa jogada evita que o PSDB se posicione a favor do Impeachment, que seria sua expulsão de campo.


Continue lendo “Brasil à beira do precipício. Apenas o povo pode virar esse jogo”

Moro atropela lei brasileira para atender pedido da polícia dos EUA

Por  – O Juiz Sérgio Moro determinou em 2007 a criação de RG e CPF falsos e a abertura de uma conta bancária secreta para uso de um agente policial norte-americano, em investigação conjunta com a Polícia Federal do Brasil. No decorrer da operação, um brasileiro investigado nos EUA chegou a fazer uma remessa ilegal de US$ 100 mil para a conta falsa aberta no Banco do Brasil, induzido pelo agente estrangeiro infiltrado.


Continue lendo “Moro atropela lei brasileira para atender pedido da polícia dos EUA”

O único crime político hediondo no Brasil é a “pedalada fiscal”. Todos os outros são permitidos

O título e a reflexão abaixo é inspirado em um tweet de Paulo Coelho que você pode ver aqui.

Desde que Mário Covas chegou ao governo paulista, o PSDB botou o pé no erário e não largou mais. No Governo FHC, as mutretas eram tantas e públicas que cita-las todas levaria pelo menos 45 anos.


Continue lendo “O único crime político hediondo no Brasil é a “pedalada fiscal”. Todos os outros são permitidos”

Juiz Sérgio Moro precisa explicar sua conduta no ‘Caso Banestado’ para ter legitimidade

O enredo deste conto nada infantil retrata a história de um juiz que fez na Lava Jato tudo o que não fez no Banestado.

Era uma vez um juiz chamado Sérgio Moro que julgou os processos do Banco do Estado do Paraná (Banestado). Assim como na Lava Jato, o caso do Banestado teve uma força-tarefa, investigadores, procuradores, delatores, grupos empresariais e empreiteiras.


Continue lendo “Juiz Sérgio Moro precisa explicar sua conduta no ‘Caso Banestado’ para ter legitimidade”

Ex-ministro expõe a ilegalidade e o ridículo das palestras de Dallagnol

Do Jornal GGN – Sobre palestras e a apropriação do público pelo privado. Por Eugênio José Guilherme de Aragão

Credores têm melhor memória do que devedores (Benjamin Franklin).


Continue lendo “Ex-ministro expõe a ilegalidade e o ridículo das palestras de Dallagnol”

O Nazista legal, e nossas “Frases de Estimação”

Acredite, mas existe o Nazista legal, e geralmente ele é nosso amigo, ou, se não muito amigo, pelo menos alguém cujo convívio é tão divertido que é válido brincar com sua própria ideologia de vida.


Continue lendo “O Nazista legal, e nossas “Frases de Estimação””

Os ministros estão nus: surdez seletiva escancara farsa pública do TSE

The Intercept Brasil – APESAR DA ENXURRADA de provas, Michel Temer sai impune do julgamento no Tribunal Superior Eleitoral e poderá continuar com sua brilhante atuação presidencial. O desfecho até que era previsível. O que se poderia esperar de sete figuras de capa preta reunidas num porão para julgar a vampiresca figura de Conde Temer?


Continue lendo “Os ministros estão nus: surdez seletiva escancara farsa pública do TSE”

Comentário do ministro Admar Gonzaga é a prova de que a nossa Justiça é um circo

O ministro Herman Benjamin, relator do processo que pede a cassação de Michel Temer, disse que não seria possível que os candidatos não tivessem conhecimento de montantes dinheiro entrando na conta corrente.

‘Senado não concorda com afastamento de Aécio’, diz presidente do Conselho de Ética do Senado

BRASÍLIA – Eleito pela sexta vez para presidir o Conselho de Ética do Senado, João Alberto Souza (PMDB-MA) disse não sentir, no pedido de cassação do mandato de Aécio Neves (PSDB-MG), o mesmo “clima de pressão” que houve, por exemplo, com Delcídio Amaral (ex-PT-MS), cassado no ano passado.


Continue lendo “‘Senado não concorda com afastamento de Aécio’, diz presidente do Conselho de Ética do Senado”

Bolsonaro e o milagre da multiplicação do seu patrimônio

Você conseguiria comprar uma casa que custa, a preço de mercado, alguns milhões por “apenas” R$ 400 mil? O deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) conseguiu esse, digamos, milagre. E recebeu a graça na compra não só de uma, mas de duas mansões. Em termos terrenos, com um abatimento de pelo menos 75% nos preços dos imóveis, foram verdadeiros negócios da China.


Continue lendo “Bolsonaro e o milagre da multiplicação do seu patrimônio”