Cinco parlamentares deixam de ser investigados na Lava Jato por causa da idade

Joelma Pereira, Congresso em Foco – O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, encaminhou ao Supremo Tribunal Federal (STF) manifestação apontando prescrição em cinco inquéritos abertos com base nas delações da empresa Odebrecht. Os inquéritos envolvem cinco parlamentares.


Continue lendo “Cinco parlamentares deixam de ser investigados na Lava Jato por causa da idade”

A incrível bancada dos parentes no Senado

Multipartidária e composta por representantes de 26 unidades federativas e de todos os partidos com assento no Senado, a “bancada dos parentes” é a mais numerosa da Casa. Maia, Caiado, Alves, Mello, Jereissati, Cunha Lima, Dias, Lobão, Tebet, Viana e Suplicy são alguns dos atuais sobrenomes que acompanharam outros senadores nas últimas décadas. Não por acaso. Levantamento da nova edição da Revista Congresso em Foco revela que ao menos 59 dos 81 parlamentares no Senado têm ou tiveram familiares no exercício de mandatos políticos (veja abaixo a relação com o respectivo parentesco). Isso representa mais de 73% dos integrantes da Casa. No Nordeste esse fenômeno é ainda mais forte: alcança 21 dos 27 senadores (78%).


Continue lendo “A incrível bancada dos parentes no Senado”

UERJ suspende ano letivo, Federal de Sergipe pode fechar. Primeiro tiram a Dilma depois os jovens da universidade

A Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ) decidiu que não voltará às aulas. A decisão foi tomada pelo conselho de diretores da universidade e as atividades foram suspensas. Não há previsão para iniciar o primeiro semestre letivo de 2017.


Continue lendo “UERJ suspende ano letivo, Federal de Sergipe pode fechar. Primeiro tiram a Dilma depois os jovens da universidade”

Dois anos depois, Congresso conclui o plano das elites ao proteger Temer: terminou a sangria

Por Glenn Greenwald – HÁ POUCO MENOS de um ano, um dos espetáculos políticos mais humilhantes que eu já vi aconteceu durante nove horas em Brasília. Na Câmara dos Deputados – casa cuja maioria dos membros estão envolvidos em investigações – um corrupto atrás do outro se postou diante das câmeras de televisão e declararam triunfalmente que sua consciência, sua religião, seu Deus, suas crianças, sua devoção a Jerusalém, a memória de suas mães, seus pastores, a pureza de suas almas, exigiam que eles punissem a corrupção retirando a Presidente eleita Dilma Rousseff de seu cargo.


Continue lendo “Dois anos depois, Congresso conclui o plano das elites ao proteger Temer: terminou a sangria”

Denúncia contra Temer x impeachment de Dilma: o que é mais grave, pedaladas ou corrupção?

O ano de 2017 dá sinais de déjà vu. A Câmara dos Deputados voltou a ter em suas mãos o poder de definir o destino de um presidente da República, um ano e três meses depois de autorizar a abertura do processo de impeachment de Dilma Rousseff. Após a denúncia feita pelo procurador-geral da República Rodrigo Janot contra Michel Temer, acusado de cometer corrupção passiva, os deputados aprovaram a não a abertura de um processo penal contra o mandatário. Assim como no ano passado, seriam necessários que no mínimo 342 dos 513 parlamentares sejam favoráveis ao início do processo.


Continue lendo “Denúncia contra Temer x impeachment de Dilma: o que é mais grave, pedaladas ou corrupção?”

Um presidente inocente de verdade faria questão de ser investigado

Tereza Crunivel, em seu blog – Em mais de 30 anos de jornalismo político, registrei dias de glória democrática e dias de vergonha política na cobertura do Congresso. O 5 de outubro de 1988, em que a Constituição (hoje desfigurada) foi promulgada e o 25 de abril de 1984, em que a emenda das diretas foi rejeitada, por exemplo.


Continue lendo “Um presidente inocente de verdade faria questão de ser investigado”

Após receber 45 mil para derrubar Dilma, onde está agora Janaina Paschoal?

O que antes era uma especulação divulgada por parte da mídia, foi confirmada por uma das autoras do pedido de impedimento, a advogada Janaína Paschoal. Ouvida por senadores da comissão especial que analisaram o pedido, a jurista admitiu ter recebido R$ 45 mil da legenda para, junto com Miguel Reale Júnior, elaborar um parecer sobre o afastamento de Dilma.


Continue lendo “Após receber 45 mil para derrubar Dilma, onde está agora Janaina Paschoal?”

Dos deputados que julgarão Temer, 47 são réus e 6 foram condenados à prisão

Nada menos do que quase dez por cento dos 513 deputados que integram a Câmara Federal respondem a ações penais (processos) no Supremo Tribunal Federal (STF). E é justamente esse perfil de parlamentar que está incumbido de analisar a denúncia criminal contra o presidente Michel Temer (PMDB). Dos 47 réus, ao menos seis exercem o mandato, apesar de condenados à prisão (há, inclusive, um presidiário: Celso Jacob (PMDB-RJ) (foto). Por mais insólito que pareça, todos estão aptos a participar da votação.


Continue lendo “Dos deputados que julgarão Temer, 47 são réus e 6 foram condenados à prisão”

Com salário inicial de R$ 20 mil, juízes pedem aumento à Cármen Lúcia

Enquanto o país passa por uma severa crise política e econômica. Os juízes, que já possuem altos rendimentos mensais, querem ainda mais aumento para exercerem sua função. É inacreditável, nem nos países ricos se ganha tanto. Mas aqui, querem muito mais.


Continue lendo “Com salário inicial de R$ 20 mil, juízes pedem aumento à Cármen Lúcia”

Será que os brasileiros estão felizes por ser representado por esse tipo de deputado?

Graças aos golpistas, cada dia é um novo absurdo no mundo político. Agora foi a vez do famoso deputado federal Wladimir Costa (SD-PA), aquele que ofereceu o seu voto do impeachment à mãezinha e depois soltou uma bomba de papel picado, decidiu marcar para sempre o apoio a Temer. O parlamentar fez uma tatuagem no ombro direito com o nome do presidente, a qual afirma ser permanente. “Paraense não é de se arrepender não”, disse Costa. A tatuagem, finalizada na última sexta-feira, 28, custou R$1200 em seis vezes no cartão, diz o parlamentar.


Continue lendo “Será que os brasileiros estão felizes por ser representado por esse tipo de deputado?”