MBL é o maior difusor de notícias falsas, conclui pesquisa da USP

Um levantamento feito pela Associação dos Especialistas em Políticas Públicas de São Paulo (AEPPSP), com base em critérios de um grupo de estudo da Universidade de São Paulo (USP), identificou os maiores sites de notícias do Brasil que disseminam informações falsas, não-checadas ou boatos pela internet, as chamadas notícias de “pós-verdades”.


Continue lendo “MBL é o maior difusor de notícias falsas, conclui pesquisa da USP”

Dois anos depois, Congresso conclui o plano das elites ao proteger Temer: terminou a sangria

Por Glenn Greenwald – HÁ POUCO MENOS de um ano, um dos espetáculos políticos mais humilhantes que eu já vi aconteceu durante nove horas em Brasília. Na Câmara dos Deputados – casa cuja maioria dos membros estão envolvidos em investigações – um corrupto atrás do outro se postou diante das câmeras de televisão e declararam triunfalmente que sua consciência, sua religião, seu Deus, suas crianças, sua devoção a Jerusalém, a memória de suas mães, seus pastores, a pureza de suas almas, exigiam que eles punissem a corrupção retirando a Presidente eleita Dilma Rousseff de seu cargo.


Continue lendo “Dois anos depois, Congresso conclui o plano das elites ao proteger Temer: terminou a sangria”

Denúncia contra Temer x impeachment de Dilma: o que é mais grave, pedaladas ou corrupção?

O ano de 2017 dá sinais de déjà vu. A Câmara dos Deputados voltou a ter em suas mãos o poder de definir o destino de um presidente da República, um ano e três meses depois de autorizar a abertura do processo de impeachment de Dilma Rousseff. Após a denúncia feita pelo procurador-geral da República Rodrigo Janot contra Michel Temer, acusado de cometer corrupção passiva, os deputados aprovaram a não a abertura de um processo penal contra o mandatário. Assim como no ano passado, seriam necessários que no mínimo 342 dos 513 parlamentares sejam favoráveis ao início do processo.


Continue lendo “Denúncia contra Temer x impeachment de Dilma: o que é mais grave, pedaladas ou corrupção?”

Um presidente inocente de verdade faria questão de ser investigado

Tereza Crunivel, em seu blog – Em mais de 30 anos de jornalismo político, registrei dias de glória democrática e dias de vergonha política na cobertura do Congresso. O 5 de outubro de 1988, em que a Constituição (hoje desfigurada) foi promulgada e o 25 de abril de 1984, em que a emenda das diretas foi rejeitada, por exemplo.


Continue lendo “Um presidente inocente de verdade faria questão de ser investigado”

Após receber 45 mil para derrubar Dilma, onde está agora Janaina Paschoal?

O que antes era uma especulação divulgada por parte da mídia, foi confirmada por uma das autoras do pedido de impedimento, a advogada Janaína Paschoal. Ouvida por senadores da comissão especial que analisaram o pedido, a jurista admitiu ter recebido R$ 45 mil da legenda para, junto com Miguel Reale Júnior, elaborar um parecer sobre o afastamento de Dilma.


Continue lendo “Após receber 45 mil para derrubar Dilma, onde está agora Janaina Paschoal?”

Polícia Federal não vê nada de errado no famoso áudio de Romero Jucá

De acordo com relatório enviado pela Polícia Federal (PF) ao Supremo Tribunal Federal (STF), os senadores peemedebistas Renan Calheiros (AL) e Romero Jucá (RR), líder do governo Temer no Senado, além do ex-presidente José Sarney (AP), não cometeram obstrução nos trabalhos de investigação da Operação Lava Jato.


Continue lendo “Polícia Federal não vê nada de errado no famoso áudio de Romero Jucá”

Em delírio, Temer diz: Nunca fizemos tanta coisa como nos últimos 40 dias

Nesta quinta (20), Michel Temer rebateu as críticas de quem fala que o país está parado por conta da crise política. Em evento no Palácio do Planalto, Temer mais uma vez cometeu um delírio, ao dizer que “o governo nunca fez tantas coisas como nos últimos 40 dias ou 50 dias”. Entre os “feitos” ele citou a reforma trabalhista e o investimento de R$ 344 milhões, anunciados pelo Ministério da Saúde, em saúde bucal.


Continue lendo “Em delírio, Temer diz: Nunca fizemos tanta coisa como nos últimos 40 dias”

Gilmar e Temer articulam parlamentarismo para garantir o poder aos corruptos

Por Joaquim de Carvalho – Um dia depois do ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, postar no Twitter uma foto com um livro sobre parlamentarismo, a Folha publica reportagem sobre o tema e crava que a mudança de sistema de governo voltou ao debate.


Continue lendo “Gilmar e Temer articulam parlamentarismo para garantir o poder aos corruptos”

Substituído na CCJ, delegado Waldir diz que está sofrendo ameaças

Após ser substituído na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara por ter declarado que votaria contra Michel Temer, numa manobra conduzida pelo governo para barrar a denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR), o deputado Delegado Waldir (PR-GO) chamou o presidente de “criminoso”, disse que está sofrendo ameaças depois de se rebelar contra a troca-troca no colegiado e reagiu em tom de ameaça afirmando que os “bandidos do governo” não o conhecem.


Continue lendo “Substituído na CCJ, delegado Waldir diz que está sofrendo ameaças”

Romero Jucá (aquele mesmo) participa do conselho de ‘Ética’ que livrou Aécio

O Brasil não é para amadores. No senado, o conselho deveria ser responsável por analisar eventuais denúncias por quebra de decoro parlamentar que podem levar à cassação do mandato. Ou seja, deveria ser um conselho apenas com os parlamentares mais éticos da casa, na teoria. Mas por aqui temos o líder do governo, Romero Jucá (PMDB-RR), que é membro titular do colegiado. Ele é alvo de oito inquéritos no Supremo Tribunal Federal (STF), é mole?


Continue lendo “Romero Jucá (aquele mesmo) participa do conselho de ‘Ética’ que livrou Aécio”