Um ano da delação de Joesley: todos estão soltos aproveitando o dinheiro roubado do povo brasileiro

Embora os acordos de colaboração de executivos da Odebrecht tenham sido esperados como “a delação do fim do mundo”, foram as revelações dos irmãos Joesley e Wesley Batista, donos da JBS, que estremeceram a República. Ao todo, os depoimentos relatam repasses indevidos a 1.829 candidatos eleitos de 28 partidos. Alguns deles, contudo, foram mais expostos durante o último ano aos efeitos jurídicos – e políticos – do escândalo.


Continue lendo “Um ano da delação de Joesley: todos estão soltos aproveitando o dinheiro roubado do povo brasileiro”

Solto por Gilmar e “blindado”, Paulo Preto anuncia que não vai mais delatar

Após reunião com família e advogados, o ex-diretor da Dersa (Desenvolvimento Rodoviário S/A) Paulo Vieira de Souza, conhecido como Paulo Preto, operador do PSDB, decidiu que, por enquanto não fechará um acordo de colaboração premiada. A informação é da coluna de Mônica Bergamo.


Continue lendo “Solto por Gilmar e “blindado”, Paulo Preto anuncia que não vai mais delatar”

Palocci sai milionário da cadeia se delatar Lula

 Reportagem do jornalista Joaquim de Carvalho no Diário do Centro do Mundo revela, com base em uma fonte da Polícia Federal, que o ex-ministro Antonio Palocci terá R$ 30 milhões desbloqueados, além de sua liberdade, caso Sergio Moro homologue a delação premiada em que ele incriminará o ex-presidente Lula.


Continue lendo “Palocci sai milionário da cadeia se delatar Lula”

Quase réu, Aécio diz que foi ingênuo ao pedir propina à JBS e sugerir matar o primo

Prestes a virar réu por corrupção, o senador Aécio Neves (PSDB-MG), responsável direto pelo golpe que destruiu o Brasil, publica artigo nesta segunda-feira, em que diz ter sido ingênuo no episódio em que pede R$ 2 milhões à JBS e sugere que as malas sejam entregues a “alguém que a gente possa matar antes de fazer delação”.


Continue lendo “Quase réu, Aécio diz que foi ingênuo ao pedir propina à JBS e sugerir matar o primo”

Bancos entregam ao Supremo dados da quebra de sigilo de Aécio

Bancos entregaram informações ao ministro do Supremo Tribunal Federal Marco Aurélio Mello no âmbito da quebra de sigilo sobre o senador Aécio Neves (PSDB), sua irmã Andrea, seu primo Frederico Pacheco, e do assessor do senador Zeze Perrella (PMDB).


Continue lendo “Bancos entregam ao Supremo dados da quebra de sigilo de Aécio”

Globo não saber o que fazer com delação que atinge amigo e compadre de Moro

Nexo Brasil – A informação publicada pela jornalista Mônica Bergamo, do jornal Folha de São Paulo, de que o advogado Rodrigo Tecla Duran, ex-funcionário da Odebrecht entre 2011 e 2016, acusou o advogado trabalhista Carlos Zucoloto Junior de intermediar negociações paralelas dele com a força-tarefa da Operação Lava Jato, como redução de penas e multas, é o assunto mais comentado do momento sobre política nas redes socais.


Continue lendo “Globo não saber o que fazer com delação que atinge amigo e compadre de Moro”

Ser tucano é a melhor garantia de impunidade no Brasil

Com o voto vacilante de minerva da sua presidenta, ministra Carmen Lúcia, o Supremo Tribunal Federal devolveu ao Senado o direito de decidir sobre o destino dos seus membros, beneficiando assim Aécio Neves. Impunidade?


Continue lendo “Ser tucano é a melhor garantia de impunidade no Brasil”

Por que procurador envolvido com crimes da JBS foi poupado da prisão?

A decisão do Ministro Luiz Edson Fachin de mandar prender Joesley Batista e Ricardo Saud e deixar de fora o ex-procurador Marcelo Miller não poderia ser mais conveniente para Rodrigo Janot.


Continue lendo “Por que procurador envolvido com crimes da JBS foi poupado da prisão?”

MPF pede para Justiça arquivar inquérito contra Lula na Lava Jato por falta de provas

O procurador da República Ivan Cláudio Marx afirmou que o ex-senador Delcídio Amaral pode ter citado o nome do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na tentativa de atrapalhar as investigações da Operação Lava-Jato com o objeto de aumentar seu poder de barganha e, assim, ampliar os benefícios da delação premiada negociada com a Procuradoria-Geral da República (PGR). Para Ivan Marx, a palavra de Delcídio, que teve seu acordo homologado no Supremo Tribunal Federal (STF), perde credibilidade.


Continue lendo “MPF pede para Justiça arquivar inquérito contra Lula na Lava Jato por falta de provas”

O cinismo doentio se abateu sobre o Brasil

Por Mailson Ramos – Não faz muito tempo, um simples pronunciamento de Dilma Rousseff na televisão fazia surgir das varandas da classe média um uníssono panelaço; não menos barulhentas eram as manifestações “contra a corrupção” que tomavam as nobres avenidas das capitais brasileiras.


Continue lendo “O cinismo doentio se abateu sobre o Brasil”