Deputados se mostram chocados com denúncias de Tacla Duran contra Moro e Lava Jato

O deputado federal e advogado Wadih Damous (PT-RJ) concedeu entrevista à TV 247 nesta terça-feira (5) relatando sua impressão sobre o depoimento do ex-advogado da Odebrecht Rodrigo Tacla Duran à Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados. Para o parlamentar, “Tacla Duran mostrou o lado escuro da Lava Jato”.


Continue lendo “Deputados se mostram chocados com denúncias de Tacla Duran contra Moro e Lava Jato”

Denúncia contra Temer x impeachment de Dilma: o que é mais grave, pedaladas ou corrupção?

O ano de 2017 dá sinais de déjà vu. A Câmara dos Deputados voltou a ter em suas mãos o poder de definir o destino de um presidente da República, um ano e três meses depois de autorizar a abertura do processo de impeachment de Dilma Rousseff. Após a denúncia feita pelo procurador-geral da República Rodrigo Janot contra Michel Temer, acusado de cometer corrupção passiva, os deputados aprovaram a não a abertura de um processo penal contra o mandatário. Assim como no ano passado, seriam necessários que no mínimo 342 dos 513 parlamentares sejam favoráveis ao início do processo.


Continue lendo “Denúncia contra Temer x impeachment de Dilma: o que é mais grave, pedaladas ou corrupção?”

Um presidente inocente de verdade faria questão de ser investigado

Tereza Crunivel, em seu blog – Em mais de 30 anos de jornalismo político, registrei dias de glória democrática e dias de vergonha política na cobertura do Congresso. O 5 de outubro de 1988, em que a Constituição (hoje desfigurada) foi promulgada e o 25 de abril de 1984, em que a emenda das diretas foi rejeitada, por exemplo.


Continue lendo “Um presidente inocente de verdade faria questão de ser investigado”

Dos deputados que julgarão Temer, 47 são réus e 6 foram condenados à prisão

Nada menos do que quase dez por cento dos 513 deputados que integram a Câmara Federal respondem a ações penais (processos) no Supremo Tribunal Federal (STF). E é justamente esse perfil de parlamentar que está incumbido de analisar a denúncia criminal contra o presidente Michel Temer (PMDB). Dos 47 réus, ao menos seis exercem o mandato, apesar de condenados à prisão (há, inclusive, um presidiário: Celso Jacob (PMDB-RJ) (foto). Por mais insólito que pareça, todos estão aptos a participar da votação.


Continue lendo “Dos deputados que julgarão Temer, 47 são réus e 6 foram condenados à prisão”

O preço do poder para Temer: perdão de dívida, concessão de rádio e verba a parlamentares

As negociações que mexem diretamente no bolso de congressistas, ou nos de seus financiadores/apoiadores, frearam a debandada da base de Michel Temer (PMDB) no Legislativo nesta última semana.


Continue lendo “O preço do poder para Temer: perdão de dívida, concessão de rádio e verba a parlamentares”

Temer e Aécio viram pó. Globo derrubou Dilma para pôr um ladrão no Planalto

Por Miguel do Rosário – Vazamentos divulgados hoje dão um ponto final no governo Temer, no PSDB e desmoralizam totalmente o impeachment, a mídia, a Lava Jato e, em particular, Sergio Moro.

Reproduzo abaixo as duas notícias que mudam completamente a conjuntura política nacional e desmascaram os golpistas: um bando de corruptos que derrubaram uma presidenta honesta.


Continue lendo “Temer e Aécio viram pó. Globo derrubou Dilma para pôr um ladrão no Planalto”

Temer alimenta ratos do Congresso para garfar sua aposentadoria

Michel Temer decidiu comprar parlamentares, ruralistas e empresários com perdões tributários para conseguir aprovar a reforma que mexe nas aposentadorias dos brasileiros.


Continue lendo “Temer alimenta ratos do Congresso para garfar sua aposentadoria”

CPI da Lei Rouanet: NENHUM artista de esquerda é indiciado

Por Katia Guimarães* – Quem esperava encontrar os artistas de esquerda que denunciavam o golpe contra a presidenta Dilma na lista de pedidos de indiciamento da CPI da Lei Rouanet quebrou a cara. Chico Buarque não está lá. Nem Letícia Sabatella nem José de Abreu nem Tico Santa Cruz nem Gregório Duvivier nem Zélia Duncan. Zero. Nenhum.


Continue lendo “CPI da Lei Rouanet: NENHUM artista de esquerda é indiciado”

Deputados multimilionários devem R$ 178 milhões em impostos

A Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional produziu uma tabela com todos os parlamentares que devem dinheiro em impostos. Chamada de Dívida Ativa da União, essas cobranças englobam o não pagamento de imposto de renda, FGTS e INSS, de pessoas físicas e jurídicas.


Continue lendo “Deputados multimilionários devem R$ 178 milhões em impostos”

Câmara vai gastar R$ 2,5 milhões em poltronas em plena crise econômica

Em plena crise econômica, a Câmara dos Deputados possui autorização para a compra de nada menos do que 3.113 “poltronas giratórias com braço”, no valor de R$ 779 cada, e de 113 “poltronas giratórias sem braço” ao preço de R$ 699 a unidade. O custo total da operação pode chegar a R$ 2.5 milhões.


A empresa TECNO2000 Indústria e Comércio LTDA foi a vencedora da licitação e poderá ser acionada a entregar o produto, na medida em que for requisitado pela casa legislativa. Contudo, uma fonte da própria fornecedora admitiu que o excesso de especificações no objeto, exigidos pela Câmara, encarece o produto. “Nós temos cadeiras muito mais baratas. Existem modelos que custam de R$ 300 a R$ 350”, explicou um funcionário que não quis se identificar.

câmara gastar milhões poltronas deputados

Segundo a ata de preços (N.10/2017 da Câmara Federal), o contrato possui um prazo de validade de 12 meses, ou seja, continuará em vigor até o dia 1° de fevereiro do ano que vem. O recebimento dos valores à empresa só ocorre de acordo com a necessidade da Câmara Federal em adquirir o produto, porém, há a obrigatoriedade de os pedidos serem feitos com no mínimo 10% da totalidade dos itens.

O valor do produto é reduzido em razão do volume comprado. Para o funcionário da empresa fornecedora, o produto chega a custar 30% mais caro no varejo. No entanto, o preço também é estimado com relação à quantidade de ajustes que são feitos na poltrona original. O documento do pregão eletrônico (N.177/16) descreve 31 exigências ao produto.

A reportagem da Agência UniCEUB entrou em contato com um arquiteto de interiores, que também não quis se identificar, que considerou alguns itens dispensáveis. Ele acredita que outros materiais trariam o efeito desejado, por um preço menor.

Entre as especificações que tornam a poltrona diferenciada estão a de que o material possua revestimento de couro ecológico e que existam dispositivos de regulagem “milimétrica” de altura (confira as especificações).

câmara gastar milhões poltronas deputados

Segundo o secretário-geral da ONG Contas Abertas, Gil Castello Branco, não é errado que o setor público aumente as especificações para selecionar o melhor produto. No entanto, o problema é quando são embutidos itens desnecessários.

A assessoria de comunicação da Câmara dos Deputados informou que a instituição dispõe de aproximadamente 18 mil cadeiras e que cerca de 4 mil cadeiras se encontram danificadas devido ao “longo tempo de utilização”. O órgão também ressalta que a casa legislativa não é obrigada a adquirir todos os itens estipulado no contrato.

O edital do pregão eletrônico também disponibiliza as razões para a compra dos móveis:

câmara gastar milhões poltronas deputados
Com informações de Lucas Valença, Agência UniCeub e Congresso em Foco