‘Primeiro, a gente tira a Dilma e o PT. Depois… relaxa que o país é nosso’

Em novo artigo em seu blog, o jornalista Leonardo Sakamoto critica duramente a seletividade da Justiça no Brasil, em prol dos tucanos e contra o PT, e os privilégios dos juízes.


Continue lendo “‘Primeiro, a gente tira a Dilma e o PT. Depois… relaxa que o país é nosso’”

Lindbergh: decisão do STJ sobre Alckmin é uma “escândalo”

O senador Lindbergh Farias (PT-RJ) criticou a decisão da ministra do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Nancy Andrighi que blinda o presidenciável do PSDB, Geraldo Alckmin. De acordo com a determinação, o inquérito que investiga o tucano tem de ser enviado à Justiça Eleitoral do Estado.


Continue lendo “Lindbergh: decisão do STJ sobre Alckmin é uma “escândalo””

Cinco parlamentares deixam de ser investigados na Lava Jato por causa da idade

Joelma Pereira, Congresso em Foco – O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, encaminhou ao Supremo Tribunal Federal (STF) manifestação apontando prescrição em cinco inquéritos abertos com base nas delações da empresa Odebrecht. Os inquéritos envolvem cinco parlamentares.


Continue lendo “Cinco parlamentares deixam de ser investigados na Lava Jato por causa da idade”

O único crime político hediondo no Brasil é a “pedalada fiscal”. Todos os outros são permitidos

O título e a reflexão abaixo é inspirado em um tweet de Paulo Coelho que você pode ver aqui.

Desde que Mário Covas chegou ao governo paulista, o PSDB botou o pé no erário e não largou mais. No Governo FHC, as mutretas eram tantas e públicas que cita-las todas levaria pelo menos 45 anos.


Continue lendo “O único crime político hediondo no Brasil é a “pedalada fiscal”. Todos os outros são permitidos”