Com maior rejeição entre políticos, Aécio vira pó para eleições em 2018

O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), 59 anos, é o tucano mais bem posicionado na disputa presidencial de 2018, revela pesquisa nacional do DataPoder360.


Continue lendo “Com maior rejeição entre políticos, Aécio vira pó para eleições em 2018”

Sergio Moro obriga Lula a ir a 87 depoimentos de testemunhas no Paraná

O juiz Sergio Moro, responsável pela Operação Lava Jato, determinou que o ex-presidente Lula acompanhe presencialmente os depoimentos das 87 testemunhas que sua defesa listou em um dos três processos em que o ex-presidente é réu na Operação Lava Jato.


Continue lendo “Sergio Moro obriga Lula a ir a 87 depoimentos de testemunhas no Paraná”

Com Temer, dívida pública deverá ultrapassar 80%, superando recorde do governo FHC

FHC pegou o Brasil com uma dívida pública de 34% do PIB. Doou metade do patrimônio público sob a alcunha de “privatização”. Duplicou a dívida externa. Quebrou o país três vezes, precisando recorrer ao FMI. Entregou o país a Lula sem reservas e devendo 76% do PIB. Já a dívida líquida, que leva em conta os créditos (e não só os débitos) do governo e ele recebeu em 29,5%, deixou em 60,4% do PIB.


Continue lendo “Com Temer, dívida pública deverá ultrapassar 80%, superando recorde do governo FHC”

Renan Calheiros antecipa tendência: aliança com Lula

Estar ao lado de Michel Temer é um péssimo negócio para todos os políticos que precisarem se reeleger em 2018. Como revelou a pesquisa Ipsos, para 90% dos brasileiros, o Brasil segue no rumo errado, com Temer na presidência. Coincidência ou não, na noite de ontem, o senador Renan Calheiros (PMDB-AL) publicou um vídeo, em que critica a terceirização e o aumento de impostos sobre a folha de pagamento, em que praticamente rompe com o projeto golpista (saiba mais aqui).


Continue lendo “Renan Calheiros antecipa tendência: aliança com Lula”

Cabo eleitorais de Doria, MBL espalha mentiras sobre Dona Marisa nas redes

O Movimento Brasil Livre, que decidiu reforçar a pressão para que o prefeito de São Paulo, João Doria, dispute a Presidência da República em 2018, e inclusive fazer campanha aberta por Doria, até mesmo atacando os presidenciáveis tucanos Geraldo Alckmin e Aécio Neves, como informou nesta quinta-feira 16 a Coluna do Estadão, já se dedica a espalhar notícias falsas contra o ex-presidente Lula.


Continue lendo “Cabo eleitorais de Doria, MBL espalha mentiras sobre Dona Marisa nas redes”

MP propõe fim de ação penal contra Lula no caso do acervo presidencial, não encontraram nada

O Ministério Público Federal se manifestou favoravelmente ao fim da ação penal contra o presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto, que vinha sendo acusado de lavagem de dinheiro relacionada ao acervo do ex-presidente; MPF endossou argumentos da defesa de que não houve crime; parecer se estende a Lula e a Léo Pinheiro, ex-presidente da construtora OAS


Continue lendo “MP propõe fim de ação penal contra Lula no caso do acervo presidencial, não encontraram nada”

Presidentes da França e da Suécia serão testemunhas de defesa de Lula contra Moro

Três ex-presidentes e dois atuais mandatários das repúblicas de Brasil, França e Suécia servirão de testemunha de Defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em processo movido contra ele no âmbito da Operação Zelotes, na Justiça Federal de Brasília. São eles: Fernando Henrique Cardoso, Dilma Rousseff, Stefan Löfven (Suécia), François Hollande e Nicolas Sarkozy (França).


Continue lendo “Presidentes da França e da Suécia serão testemunhas de defesa de Lula contra Moro”

Moro se nega a absolver Marisa Letícia

O juiz Sergio Moro, que conduz a Lava Jato, se negou a absolver a ex-primeira-dama, recentemente falecida, Marisa Letícia. “Diante da lei e pela praxe, cabe diante do óbito somente o reconhecimento da extinção da punibilidade, sem qualquer consideração quanto à culpa do acusado falecido em relação à imputação”, disse Moro.


Segundo os advogados do ex-presidente Lula, no entanto, ele afrontou a lei, ao deixar de declarar sua inocência.

Continue lendo “Moro se nega a absolver Marisa Letícia”

O golpe de Aécio resultou em sua morte política e pariu Bolsonaro 2018

Por Kiko Nogueira – O golpe engendrado por Aécio Neves e cia. resultou numa vitória de Pirro que pariu Jair Bolsonaro 2018.




A guinada à direita dos tucanos, que num certo momento assustou até FHC, o blábláblá contra o bolivarianismo, o financiamento de “movimentos de rua”, o casamento com o PMDB — quem ganhou com esse caldo não foram Aécio, Alckmin ou Serra.

JB vai se firmando como o anti Lula prometido na Bíblia. A nova pesquisa CDN/MDA é prova disso.

O PSDB é sócio de Temer num governo lixo em queda livre de desaprovação: foi de 51% em outubro a 62% em fevereiro.

Os que avaliam como ruim ou péssimo subiram de 37% para 44%. A aprovação de Temer parou, por enquanto, em 10%, com tendência de queda.

Na espontânea, Aécio perde para Bolsonaro: 6,5% contra 2,2%. Alckmin fica em sétimo, empatado tecnicamente com Dilma (0,9% e 0,7%, respectivamente). Na estimulada, Geraldo aparece em quinto.

A aposta na instabilidade, na aliança com Cunha, na esperança de se livrar da Lava Jato, levou os pessedebistas a ser vistos não como alternativa à corriola temerista, mas como continuidade.

Bolsonaro, por outro lado, é a coisa autêntica, o real deal, como gostam os americanos. Ele é a extrema direita que o PSDB tentava esconder no armário.

Houve a conhecida imensa da mídia, claro, com sua demonização seletiva do PT. Em abril de 2016, depois que Bolsonaro homenageou o coronel Ustra na votação do impeachment, Miriam Leitão, por exemplo, se indignou.

“A democracia brasileira precisa ser defendida pelos pares do deputado Jair Bolsonaro. O voto dele é apologia de dois crimes, fere duplamente a Constituição. Por que não sofre um processo de cassação pelo Conselho de Ética da Câmara dos Deputados?”, escreveu ela em seu blog.

Ora.

Se ela e a empresa para a qual trabalha tivessem dedicado a Jair um terço do tempo dedicado a destruir Lula, Dilma e o PT, talvez o Brasil não corresse o risco real de mergulhar no fascismo. Na política não existe vácuo.

A farsa do impeachment deu na jararaca mais viva do que nunca e num Bolsonaro crescendo nas entranhas do cadáver político de Aécio Neves.

Confira também abaixo, Aécio: “Lula não é competitivo para eleições”

‘Era Lula’ foi a melhor fase da economia brasileira dos últimos 30 anos, diz FGV

São Paulo – O período de junho de 2003 a julho de 2008 foi a fase de maior expansão para a economia brasileira das últimas três décadas, indica estudo divulgado nesta quinta-feira (11) pelo Instituto Brasileiro de Economia (Ibre), da Fundação Getulio Vargas (FGV). Nesses cinco anos, a indústria se expandiu, as vendas do comércio registraram alta e a geração de emprego e renda cresceram.


Continue lendo “‘Era Lula’ foi a melhor fase da economia brasileira dos últimos 30 anos, diz FGV”